COMPROMETIMENTO DO ESTUDANTE COM A SUA APRENDIZAGEM E O ENSINO REMOTO EMERGENCIAL: REFLEXÕES EM TEMPOS DE COVID-19

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Guilherme Mendes Tomaz dos Santos
Júlio Paulo Cabral dos Reis

Resumo

O presente artigo teve por objetivo refletir sobre o comprometimento do estudante com a sua aprendizagem no Ensino Remoto Emergencial – ERE – no contexto da pandemia da COVID-19. Deste modo, analisamos os desafios e potencialidades que o ERE está proporcionando para os diferentes atores educacionais – docente/discente/instituição –, tendo-se o comprometimento como a espinha dorsal de ações a serem realizadas em prol do processo ensino-aprendizagem. Buscamos evidenciar algumas destas ações, principalmente voltadas para o desenvolvimento das relações didático-pedagógicas no ERE e, ainda, mostrar a necessidade de valorização do protagonismo e autonomia estudantil para o seu sucesso escolar/acadêmico no seu percurso formativo. Evidenciamos, também, que o comprometimento discente se desenvolve por ações conjuntas discente-docente-instituição levando cada agente a assumir o seu papel educacional.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SANTOS, G. M. T. dos .; REIS, J. P. C. dos . COMPROMETIMENTO DO ESTUDANTE COM A SUA APRENDIZAGEM E O ENSINO REMOTO EMERGENCIAL: REFLEXÕES EM TEMPOS DE COVID-19. Boletim de Conjuntura (BOCA), Boa Vista, v. 5, n. 13, p. 10–26, 2020. DOI: 10.5281/zenodo.4287701. Disponível em: https://revista.ioles.com.br/boca/index.php/revista/article/view/3. Acesso em: 6 jul. 2022.
Seção
Artigos

Referências

AQUINO, E. M. L. et al. “Medidas de distanciamento social no controle da pandemia de COVID-19: potenciais impactos e desafios no Brasil”. Ciência & Saúde Coletiva, vol. 25, n. 1, 2020.

ARRUDA, E. P. “Educação Remota Emergencial: elementos para políticas públicas na educação brasileira em tempos de Covid-19”. EmRede - Revista de Educação a Distância, vol. 7, n. 1, maio, 2020.

ASTIN, A. W. “Student involvement: A development theory for higher education”. Journal of College Student Personnel, vol. 25, n. 2, 1984.

BRASIL. Lei 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Disponível em <http://www.planalto.gov.br>. Acesso em: 21/11/2020.

CHICKERING, A. W.; GAMSON, Z. F. “Seven principles for good practice in undergraduate education”. Washington Center News [1987]. Disponível em: <https://www.lonestar.edu>. Acesso em: 22/11/2020.

COULON, A. “O ofício de estudante: a entrada na vida universitária”. Educação & Pesquisa, vol. 43, 2017.

HARPER, S. R.; QUAYE, S. J. Student Engagement in Higher Education: theoretical perspectives and practical approaches for diverse populations. New York: Routledge, 2009.

GAUTHIER, C. et al. Por uma teoria da Pedagogia. Ijuí: Unijuí, 2006.

GAUTHIER, C.; BISSONNETTE, S.; RICHARD, M. Ensino explícito e desempenho dos alunos: a gestão dos aprendizados. Petrópolis: Vozes, 2014.

KUH, G. D. Higher-Impact Educational Practices: What they are? Who has access to them and Why they matter? Washington: Association of American Colleges and Universities, 2008.

MEIRIEU, P. Aprender... sim, mas como? Porto Alegre: Artmed, 1998.

NEGRETE, J. A. Estrategias para el aprendizaje. México: LIMUSA, 2008.

PERREAUDEAU, M. Estratégias de aprendizagem: como acompanhar os alunos na aquisição dos saberes. Porto Alegre: Artmed, 2009.

RIGO, R. M.; VITÓRIA, M. I. C.; MOREIRA, J. A. “Engagement acadêmico: retrospectiva histórica (diferentes níveis, distintas consequências e responsabilidades)”. In: RIGO, R. M.; VITÓRIA, M. I. C.; MOREIRA, J. A. (orgs.). Promovendo o engagement estudantil na educação superior: reflexões rumo a experiências significativas e integradoras na Universidade. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2018.

SANTOS, G. M. T. O comprometimento do estudante e a aprendizagem em Cálculo Diferencial e Integral I (Dissertação de Mestrado em Educação). Canoas: Universidade La Salle, 2014.

SANTOS, G. M. T. A qualidade da educação superior e a pedagogia universitária: um olhar sobre a docência (Tese de Doutorado em Educação). Canoas: Universidade La Salle, 2018

SANTOS, G. M. T. et al. “Educação superior: reflexões a partir do advento da pandemia da COVID-19”. Boletim de Conjuntura (BOCA), Boa Vista, vol. 4, n. 10, outubro, 2020.

SANTOS, G. M. T.; FELICETTI, V. L. “Discursos de alunos e professores sobre o comprometimento do estudante na educação profissional”. Competência, vol. 7, 2014.

SANTOS, G. M. T.; REIS, J. P. C. “COVID-19 e Internacionalização em Casa: potencialidades para o processo de ensino-aprendizagem na educação superior”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 4, n. 11, novembro, 2020.

SANTOS, G. M. T.; SARMENTO, D. F. “Comprometimento do estudante em Cálculo Diferencial e Integral I fora do espaço áulico”. Revista FAED-UNEMAT, vol. 26, n. 2, 2016.

TINTO, V. “Learning better together: the impact of learning communities on student success”. Higher Education Monograph Series [2003]. Disponível em: <https://www.nhcuc.org>. Acesso em: 23/11/2020.

TINTO, V. Leaving College: Rethinking the Causes and Cures of Student Attrition. Chicago: University of Chicago Press, 1987.