INTEGRAÇÃO DA TELEMEDICINA NA PRÁTICA DA CIRURGIA GERAL: DESAFIOS E PERSPECTIVAS

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Carolina Trigueiro do Nascimento
Galber Figueiredo Lima
Gian Francisco de Macedo Almeida
Ísis de Siqueira Silva
Pedro Bezerra Xavier

Resumo

O objetivo do estudo é explorar a integração da telemedicina em práticas cirúrgicas, focando a revisão integrativa da literatura para reunir e atualizar informações pertinentes ao tema. Pesquisa qualitativa, do tipo Revisão Integrativa da Literatura, seguindo formulação da pergunta utilizando a estrutura PICO, definição de critérios de inclusão e exclusão, realizada nas bases de dados Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), do portal de periódicos CAPES e da base de dados PubMed via MEDLINE, identificação e categorização das informações dos estudos selecionados, análise crítica, e a síntese dos conhecimentos adquiridos​​, foram utilizados descritores controlados e validados pelo DeCS/MeSH, tais como “Cirurgia Geral” e “Telemedicina”, combinados pelo operador booleano “AND”. O processo resultou na identificação de 235 documentos, sendo 11 selecionados como amostra final. É evidente a crescente importância da telemedicina e das inovações tecnológicas na área da saúde, particularmente em cirurgia, enaltecendo como a pandemia de COVID-19 acelerou a transição para consultas virtuais, sem comprometer a qualidade da tomada de decisões médicas. Evidencia-se as disparidades raciais/socioeconômicas no acesso à telemedicina, sugerindo que a tecnologia pode, paradoxalmente, melhorar o acesso ao cuidado cirúrgico para grupos historicamente marginalizados. Os resultados apontam para o futuro da cirurgia, ressaltando o papel vital das tecnologias robóticas e da inteligência artificial na educação cirúrgica e na prática clínica. Pesquisas futuras devem focar na exploração de estratégias para uma implementação eficaz da telemedicina em áreas rurais e com recursos limitados, além de investigar o impacto a longo prazo na qualidade do atendimento e na satisfação do paciente.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
NASCIMENTO, C. T. do; LIMA, G. F.; ALMEIDA, G. F. de M.; SILVA, Ísis de S.; XAVIER, P. B. INTEGRAÇÃO DA TELEMEDICINA NA PRÁTICA DA CIRURGIA GERAL: DESAFIOS E PERSPECTIVAS. Boletim de Conjuntura (BOCA), Boa Vista, v. 17, n. 51, p. 01–16, 2024. DOI: 10.5281/zenodo.10836001. Disponível em: https://revista.ioles.com.br/boca/index.php/revista/article/view/3465. Acesso em: 12 abr. 2024.
Seção
Artigos

Referências

AGUIAR, C. C. et al. “Cirurgia cardíaca minimamente invasiva: inovações e desenvolvimentos recentes”. Brazilian Journal of Implantology and Health Sciences, vol. 5, n. 5, 2023.

ANVARI, M. et al. “Da telementoria à automação”. Revista de Oncologia Cirúrgica, vol. 124, n. 2, 2021.

BARDIN, L. Organização da análise: análise de conteúdo. São Paulo: Editora Edições 70, 2016.

BATOR, E. X. et al. “O fardo de frequentar uma clínica cirúrgica pediátrica e as preferências da família pela telemedicina”. Revista de Cirurgia Pediátrica, vol. 50, n. 10, 2015.

BORGES, K. S. et al. “A telemedicina aplicada à cirurgia plástica: uma revisão integrativa”. Revista Brasileira de Cirurgia Plástica, vol. 36, 2022.

CAIN, S. M. et al. “Clinical assessment and management of general surgery patients via synchronous telehealth”. Journal of Telemedicine and Telecare, vol. 23, n. 2, 2017.

CREMADES, M. et al. “Telemedicina para acompanhamento de pacientes em serviço de cirurgia geral. Um ensaio clínico randomizado”. The American Journal of Surgery, vol. 6, 2020.

DUNKIN, B. J. “Centros de simulação cirúrgica como lares educacionais para cirurgiões praticantes”. Clínicas Cirúrgicas, vol. 95, n. 4, 2015.

ERUCHALU, C. N. et al. “Disparidade demográfica no uso da telemedicina para consulta cirúrgica geral ambulatorial durante a pandemia de COVID-19: análise da emergência de saúde pública inicial e períodos de segunda fase”. Jornal do Colégio Americano de Cirurgiões, vol. 234, n. 2, 2022.

GARCÍA, J. I. R. et al. “Telemedicine, telementoring and telematic evaluation in surgery. Is it your time after COVID-19?”. Cirugia Espanola, vol. 99, n. 6, 2021.

HAWKINS, A. T. et al. “Tomada de decisão compartilhada em cirurgia geral: comparação prospectiva entre telemedicina e visitas presenciais”. Jornal do Colégio Americano de Cirurgiões, vol. 4, 2023.

JBI - Joanna Briggs Institute. “Supporting Document for the Joanna Briggs Institute Levels of Evidence and Grades of Recommendation”. Joanna Briggs Institute [2014]. Disponível em: . Acesso em: 16/09/2023.

MERRELL, R. C. et al. “Contos de telemedicina: conheci meu médico pela televisão”. Telemedicine Journal and E-Health: the Official Journal of the American Telemedicine Association, vol. 8, 2013.

NAKASHIMA, B. J. et al. “Telemedicine experience of general surgery trainees: impact on patient care and education”. The American Surgeon, vol. 88, n. 8, 2022.

NISKY, I. et al. “Effects of robotic manipulators on movements of novices and surgeons”. Surgical Endoscopy, vol. 28, 2014.

NUMANOGLU, A. “Using telemedicine to teach paediatric surgery in resource-limited countries”. Pediatric Surgery International, vol. 33, 2017.

PAGE, M. J. et al. “A declaração PRISMA 2020: diretriz atualizada para relatar revisões sistemáticas”. Revista Panamericana de Salud Pública, vol. 46, 2023.

REIS, A. S. N. et al. “Telemedicina e Telecirurgia: uma prática possível”. Revista Científica Interdisciplinar, vol. 6, n. 3, 2021.

ROJAS-MUÑOZ, E. et al. “O Sistema de Telementoring com Realidade Aumentada (STAR): Um head-mounted display para melhorar o treinamento cirúrgico e a confiança em áreas remotas”. Cirurgia, vol. 167, n. 4, 2020.

SANTOS, C. M. C. et al. “A estratégia PICO para a construção da pergunta de pesquisa e busca de evidências”. Revista Latino-Americana de Enfermagem, vol. 15, 2007.

SENHORAS, E. M. BNDES e a era de ouro da internacionalização empresarial brasileira (1999-2009). Boa Vista: Editora da UFRR, 2019.

SILVA, C. R. D. V. et al. “Conceito de saúde digital na Atenção Primária à Saúde (2020-2022): um estudo baseado no método evolucionário de Rodgers”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 17, n. 49, 2024.

STICCA, R. P. et al. “Tecnologia avançada e o cirurgião rural”. Clínicas Cirúrgicas, vol. 100, n. 5, 2020.

URSI, E. S.; GAVÃO, C. M. “Prevenção de lesões de pele no perioperatório: revisão integrativa da literatura”. Revista Latino-Americana de Enfermagem, vol. 14, 2006.

WILLIAMS, T. P. et al. “Tele‐education assisted mentorship in surgery (TEAMS)”. Journal of Surgical Oncology, vol. 124, n. 2, 2021.

XAVIER, P. B. et al. “Impactos da covid-19 no trabalho colaborativo na atenção primária à saúde”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 15, n. 44, 2023a.

XAVIER, P. B. et al. “Trabalho na Atenção Básica durante a pandemia da COVID-19: percepções dos profissionais de saúde acerca da atuação da gestão municipal”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 15, n. 45, 2023b.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)