GESTORES PEDAGÓGICOS EM ESCOLAS DE ENSINO INTEGRAL NO ESTADO DE SÃO PAULO DURANTE A PANDEMIA DA COVID-19

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Karina Roberto Borges
Silvia Tietê Figueiredo
Wagner Feitosa Avelino

Resumo

O presente texto tem por objetivo apresentar as diversas atividades desenvolvidas pelos Professores Coordenadores de Área de Conhecimento, das escolas do Programa de Ensino Integral, no estado de São Paulo, em tempo de pandemia da COVID-19. Após ser declarado o isolamento social, as aulas presenciais foram suspensas e para dar continuidade a educação de qualidade, recorreu-se ao ensino remoto. Como método, buscou-se analisar documentos estadual e federal, além de obras de autores que discutam a gestão escolar no contexto atual. Por fim, esses profissionais tornaram-se a amálgama do ensino durante esse período de pandemia, ao fomentar novas tecnologias nos processos de ensino e aprendizagem de alunos e professores.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
BORGES, K. R. .; FIGUEIREDO, S. T. .; AVELINO, W. F. . GESTORES PEDAGÓGICOS EM ESCOLAS DE ENSINO INTEGRAL NO ESTADO DE SÃO PAULO DURANTE A PANDEMIA DA COVID-19. Boletim de Conjuntura (BOCA), Boa Vista, v. 5, n. 13, p. 69–76, DOI: 10.5281/zenodo.4304590. Disponível em: https://revista.ioles.com.br/boca/index.php/revista/article/view/12. Acesso em: 22 maio. 2022.
Seção
Ensaios

Referências

ARAGÃO, J. W. M.; VENAS, R. F. Desafios da gestão escolar: contribuições para o debate. Salvador: EDUFBA, 2014.

BRASIL. Lei n. 8069, de 13 de julho de 1990. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br>. Acesso em: 05/06/2020.

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br>. Acesso em: 05/06/2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br>. Acesso em: 22/07/2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria n. 345, de 19 de março de 2020. Disponível em: <http://www.mec.gov.br>. Acesso em: 05/06/2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Covid-19 no Brasil [28/11/2020]. Disponível em: <http://susanalitico.saude.gov.br>. Acesso em: 06/07/2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria n. 188, de 3 de fevereiro de 2020. Disponível em: <http://www.in.gov.br>. Acesso em: 05/06/2020.

CASTRO, A. M. D. A. “Gestão da educação e novas formas de organização do espaço escolar”. Anais do Seminário da ANPAE 2012. Natal: UFRN, 2012.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. “O uso de internet, televisão e celular no Brasil”. Portal Eletrônico do IBGE [2018]. Disponível em: <https://educa.ibge.gov.br>. Acesso em 04/07/2020.

LIMA, P. G.; SANTOS, S. M. “O coordenador pedagógico na educação básica: desafios e perspectivas”. Educere et educare, vol. 2, n. 4, 2007.

NASCIMENTO, L. P.; GUIMARÃES, V. N. “Gestão Escolar no Brasil: reflexões sobre ótica da reforma do estado e da modernização da gestão pública”. Perspectiva, vol. 36, n. 3, 2018.

OLIVEIRA, A. K. S. et al. “Gestão, Coordenação e Orientação Educacional: trabalho integrado para o bom funcionamento da escola”. Revista Pesquisa & Criação, vol. 10, n. 1, 2011.

PERONI, V. M. “A democratização da escola em tempos de parceria entre o público e o privado”. Revista Pró-posições, vol. 23, n. 2, 2012.

RAMPELOTTO, E. M. et al. “Gestão Escolar: o uso das tecnologias de informação e comunicação e suas possibilidades”. Anais do XII Congresso Nacional de Educação – EDUCERE. Curitiba: PUCPR, 2015.

SÃO PAULO. Secretaria da Educação do São Paulo. “Currículo Paulista”. Portal Eletrônico da Escola de Formação dos Profissionais da Educação [2019]. Disponível em: <http://www.escoladeformacao.sp.gov.br>. Acesso em: 06/06/2020.

SENHORAS, E. M. “COVID-19 e os padrões das relações nacionais e internacionais”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 3, n. 7, 2020.

SOUZA, A. I. P. “Analfabetismo Digital na Educação”. Revista: EaD & Tecnologias Digitais na Educação, vol. 4, n. 5, 2016.

VASCONCELLOS, C. S. Coordenação do trabalho pedagógico: do projeto político-pedagógico ao cotidiano da sala de aula. São Paulo: Libertad, 2006.