ÊXODO DOS ISRAELITAS: UM ENFOQUE PARA O ENSINO RELIGIOSO ATRELADO AO USO DE LIVROS SAGRADOS

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Gênesis Guimarães Soares

Resumo

O presente estudo tem como objetivo realizar uma reflexão acerca da relação entre alguns dos principais conceitos da Fenomenologia e do Existencialismo conexos às narrativas bíblicas acerca do Êxodo dos Israelitas e como articulações como estas podem ser utilizadas para o ensino religioso em escolas da educação básica. Se tratando da metodologia empregada, foi realizada uma discussão bibliográfica, relacionando os principais achados de forma crítica às narrativas bíblicas descritas o livro de Êxodo e pensando as possibilidades da utilização desta metodologia como estratégia para o ensino religioso. Com relação às conclusões, foi possível notar que as histórias bíblicas contemplam diversos aspectos presentes nas filosofias fenomenológicas e existenciais, o que possibilita realizar uma reflexão teórica sobre conceitos da filosofia atrelados aos escritos sagrados.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SOARES, G. G. . ÊXODO DOS ISRAELITAS: UM ENFOQUE PARA O ENSINO RELIGIOSO ATRELADO AO USO DE LIVROS SAGRADOS. Boletim de Conjuntura (BOCA), Boa Vista, v. 3, n. 7, p. 31–36, 2020. DOI: 10.5281/zenodo.4247697. Disponível em: http://revista.ioles.com.br/boca/index.php/revista/article/view/98. Acesso em: 9 dez. 2021.
Seção
Artigos

Referências

ALMEIDA, J. F. Bíblia de Estudo de Genebra. São Paulo: Editora Cultura Cristã, 1999.

CURY, C. R. J. "Ensino religioso na escola pública: o retorno de uma polêmica recorrente". Revista Brasileira de Educação, n.27, dezembro, 2004.

RODRIGUES, E. "Questões epistemológicas do ensino religioso: uma proposta a partir da Ciência da Religião". Interações, vol. 8, n. 14, dezembro, 2013.

SANTOS, R. G. dos. "Reflexão sobre os estádios existenciais em Søren Kierkegaard". Revista Guairacá de Filosofia, vol. 33, n. 1, 2017.

SALLES, W; GENTILINI, M. A. “Desafios do ensino religioso em um mundo secular”. Cadernos de Pesquisa, v. 48, n. 169, setembro, 2018.

SOUZA, M. E. de; OLIVEIRA, G. L. de. “Religião, educação e futuro: práticas escolares desafiadas pelo pluralismo, laicidade e intolerância”. Sacrilegens, vol. 15, n. 2, 2018.

SILVA, A. M. V. B. da. “A concepção de liberdade em Sartre”. Filogênese, vol. 6, n. 1, Marília, 2013.

TOURINHO, C. D. C. “A consciência e o mundo: o projeto da Fenomenologia Transcendental de Edmund Husserl”. Revista da Abordagem Gestáltica, vol. 15, n. 2, 2009.

WERLE, M. A. “A angústia, o nada e a morte em Heidegger”. Trans/Form/Ação, vol. 26, n. 1, 2003.