USO COMBINADO DE AROMATERAPIA E MEDITAÇÃO: EFEITOS NOS NÍVEIS DE ESTRESSE E ANSIEDADE EM UNIVERSITÁRIOS MARANHENSES

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Francisca Aline dos Santos Dias
Bianca Caroline Damasceno Sousa
Regina Célia Vilanova-Campelo

Resumo

O ambiente universitário gera um cenário desgastante que pode provocar transtornos ansiosos e estressantes nos acadêmicos. As Práticas Integrativas e Complementares (Pics), podem auxiliar nestes casos, dentre elas estão a aromaterapia e a meditação. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos de uma intervenção de aromaterapia combinada com meditação nos níveis de ansiedade e estresse de acadêmicos de Educação Física. Trata-se de um estudo quase-experimental, com desenho pré-teste/pós-teste. A população foi acadêmicos de Educação Física Licenciatura da Universidade Estadual do Maranhão, Campus de São João dos Patos. Os sujeitos foram avaliados quanto a níveis de estresse e ansiedade antes e após o período de intervenção, pelo Inventário de Ansiedade Traço e Estado e pelo Inventário de Sintomas de Estresse para Adultos de Lipp. Os dados foram descritos por frequências relativas e medidas de tendência central. Para comparar o antes e depois foi utilizado o teste t de Student pareado com p<0,05. Adotou-se nível de significância 5% e o tamanho do efeito das intervenções foi medido pelo teste d de Cohen. Foram 13 acadêmicos, com média de idade de 24±7 anos. Na ansiedade-estado, houve diferença significativa, p<0,05, após as intervenções, e um efeito muito grande (valor = 1,10). Já a ansiedade-traço e o estresse, não apresentaram diferença significativa, e ambos, um pequeno efeito, ao comparar o antes e depois, sendo respectivamente (valor = 0,26) e (valor = 0,36). Conclui-se assim, que a prática das intervenções de aromaterapia com meditação se mostrou positiva, principalmente no que se refere à ansiedade estado. Na ansiedade traço e no estresse, embora não tenham ocorridos grandes efeitos, nenhum foi insignificante, o que demonstra que a prática trouxe benefícios aos participantes.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
DIAS, F. A. dos S. .; SOUSA, B. C. D.; VILANOVA-CAMPELO, R. C. . USO COMBINADO DE AROMATERAPIA E MEDITAÇÃO: EFEITOS NOS NÍVEIS DE ESTRESSE E ANSIEDADE EM UNIVERSITÁRIOS MARANHENSES. Boletim de Conjuntura (BOCA), Boa Vista, v. 15, n. 44, p. 517–532, 2023. DOI: 10.5281/zenodo.8271626. Disponível em: https://revista.ioles.com.br/boca/index.php/revista/article/view/1960. Acesso em: 21 fev. 2024.
Seção
Ensaios

Referências

ARAÚJO, R. V. et al. “Effect of Raja Yoga Meditation on the Distress and Anxiety Levels of Women with Breast Cancer”. Religions, vol. 12, n. 8, 2021.

BEHAN, C. “The benefits of meditation and mindfulness practices during times of crisis such as COVID-19”. Irish Journal Of Psychological Medicine, vol. 37, n. 4, 2020.

BORTOLUZZI, M. M.; SCHMITT, V.; MAZUR, C. E. “Efeito fitoterápico de plantas medicinais sobre a ansiedade: uma breve revisão”. Research, Society And Developmen, vol. 9, n. 2, 2019.

BRASIL. Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS. Brasília: Ministério da Saúde, 2023. Disponível em: . Acesso em: 10/08/2023.

BRASIL. Portaria n. 971, de 03 de maio de 2006. Brasília: Planalto, 2006. Disponível em: . Acesso em: 10/08/2023.

BUBLITZ, S. et al. “association between nursing students' academic and sociodemographic characteristics and stress”. Texto e Contexto Enfermagem, vol. 25, n. 4, 2016.

BURGSTAHLER, M. S.; STENSON, M. C. “Effects of guided mindfulness meditation on anxiety and stress in a pre-healthcare college student population: a pilot study”. Journal Of American College Health, vol. 68, n. 6, 2019.

CARVALHO, B. S. et al. “Uso de fitoterápicos durante pandemia COVID-19 auxiliando no tratamento de transtornos: ansiedade e depressão”. Research, Society And Development, vol. 12, n. 1, 2023.

CLAUDIA, R. Escala de depressão, ansiedade e estresse (DASS): adaptação evalidação para o português do Brasil. (Dissertação de Mestrado em Ciências da Saúde) Santos: UNIFESP, 2013.

COSTA, D. S. et al. “Sintomas de Depressão, Ansiedade e Estresse em Estudantes de Medicina e Estratégias Institucionais de Enfrentamento”. Revista Brasileira de Educação Médica, vol. 44, n. 1, 2020.

COULON, A. A Condição de Estudante: A Entrada na Vida Universitária. Salvador: Editora da UFBA, 2008.

CRUZ, M. C. N. L. et al. “Ansiedade em universitários iniciantes de cursos da área da saúde / Anxiety in university beginners of health courses”. Brazilian Journal Of Health Review, vol. 3, n. 5, 2020.

FARRAR, A. J.; FARRAR, F. C. “Aromaterapia Clínica”. The Nursing Clinics Of North America, vol. 55, n. 4, 2020.

FERREIRA, P. M. et al. “Uso das práticas integrativas e complementares pela enfermagem em pessoas com câncer: revisão integrativa”. Revista Brasileira de Revista de Saúde, vol. 4, n. 1, 2021.

GNATTA, J. R.; DORNELLAS, E. V.; SILVA, M. J. P. “O uso da aromaterapia no alívo da ansiedade”. Acta Paulista de Enfermagem, vol. 24, n. 2, 2011.

GREEN, A. A.; KINCHEN, E. V. “The Effects of Mindfulness Meditation on Stress and Burnout in Nurses”. Journal Of Holistic Nursing, vol. 39, n. 4, 2021.

HUBERTY, J. et al. “Efficacy of the Mindfulness Meditation Mobile App “Calm” to Reduce Stress Among College Students: randomized controlled trial”. Jmir Mhealth And Uhealth, vol. 7, n. 6, 2019.

KAIPPER, M. B. Avaliação do inventário de ansiedade traço-estado (IDATE) através da análise de Rasch (Dissertação de Mestrado em Ciências Médicas). Porto Alegre: UFRGS, 2008.

KAM, S. X. L. et al. “Estresse em Estudantes ao longo da Graduação Médica”. Revista Brasileira de Educação Médica, vol. 43, n. 1, 2019.

LIMA, K. M. S. V.; SILVA, K. L.; TESSER, C. D. “Práticas integrativas e complementares e relação com promoção da saúde: experiência de um serviço municipal de saúde”. Interface - Comunicação, Saúde, Educação, vol. 18, n. 49, 2014.

LIMA, S. E. S.; SILVA, B. B.; FREITAS, A. C. “Ações Extensionistas com Acadêmicos de uma Universidade Pública/ Ações de Extensão com Acadêmicos de uma Universidade Pública”. Revista Brasileira de Desenvolvimento, vol. 7, n. 5, 2021.

LIMA, R. F.; SACRAMENTO, A. M.; DIAS, A. C. G. Investigação e práticas em orientação de carreira: cenário 2018. Porto Alegre: Associação Brasileira de Orientação Profissional, 2018.

LOVELL, G. P. et al. “A cross-sectional investigation of depressive, anxiety, and stress symptoms and health-behavior participation in Australian university students”. Nursing and Health Sciences, vol. 17, n. 1, 2014.

LYRA, C. S.; NAKAI, L. S.; MARQUES, A. P. “Eficácia da aromaterapia na redução de níveis de estresse e ansiedade em alunos de graduação da área da saúde: estudo preliminar”. Fisioterapia e Pesquisa, vol. 17, n. 1, 2010.

MALHEIROS, P. C.; VANDERLEI, A. D.; BRUM, E. H. M. “Meditação para estresse e ansiedade em universitários: um ensaio clínico randomizado”. Revista Brasileira de Educação Médica, vol. 47, n. 1, 2023.

PASCOE, M. C.; HETRICK, S. E.; PARKER, A. G. “The impact of stress on students in secondary school and higher education”. International Journal Of Adolescence And Youth, vol. 25, n. 1, 2019.

PEREIRA, E. C.; SOUZA, G. C.; SCHVEITZER, M. C. “Práticas Integrativas e Complementares ofertadas pela enfermagem na Atenção Primária à Saúde”. Saúde em Debate, vol. 46, n. 1, 2022.

ROCHA, M. F. et al. “O desencadeamento da ansiedade e da depressão no âmbito acadêmico: uma revisão de literatura”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 8, n. 24, 2021.

ROSE, J. O livro da aromaterapia: aplicações e inalações. Rio de Janeiro: Editora Campus, 1995.

SANTOS, F. A. L. et al. “Relação da ansiedade e estresse no desempenho acadêmico em avaliações sob metodologia ativa”. Research, Society and Development, vol. 10, n. 9, 2021.

SILVA, A. M. S.; XIMENES, V. M. “Discussões sobre saúde mental e suporte social entre estudantes universitários”. Revista Ciências Humanas, vol. 15, n. 1, 2022.

SILVA, J. F. M. Efeitos da prática de meditação na qualidade de vida de estudantes universitários (Trabalho de Conclusão de Curso de Graduação em Educação Física). Brasília: UnB, 2019.

SOTO-VÁSQUEZ, M. R.; ALVARADO-GARCÍA, P. A. A. “Efecto del aceite esencial de Peperomia dolabriformis y meditación mindfulness en niveles de ansiedad y estrés académico de estudiantes universitarios”. Medicina Naturista, vol. 12, n. 1, 2018.

SPIELBERGER, C. D. et al. Inventário de ansiedade traço-estado. Rio de Janeiro: Cepa, 1970.

SUNDE, R. M.; GIQUIRA, S.; AUSSENE, M. M. “Efeitos da pandemia da COVID-19 na saúde mental dos universitários”. Cadernos Ibero-Americanos de Direito Sanitário, vol. 11, n. 2, 2022.

TARTER, A. L. et al. “O uso da aromaterapia para o bem-estar respiratório e emocional dos alunos do ensino médio”. Anais da Semana de Formação Acadêmica e Científica e Cultural e Humanística. Brusque: FACCHU, 2020.

VASCONCELOS, F. R. M. et al. “Nível de estresse entre acadêmicos da área da saúde e seus fatores desencadeantes”. Saúde em Redes, vol. 8, n. 3, 2022.