SIMPLES E SIMPLICIDADE: DESAFIO E DUALIDADE

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Clayton Alexandre Zocarato

Resumo

Esse texto surgiu das discussões acerca de um Projeto Filantrópico chamado Escola da Vida, que pretende discutir temas filosóficos do cotidiano das pessoas com um cânone voltado para discussão teórica e reflexões acerca do cotidiano. A Simplicidade foi um dos primeiros temas escolhidos, dado as dificuldades em se entender “que ser simples” é uma coisa e “simplicidade é outra”. Perante os dilemas de compreensão cultural, dentro de um espaço globalizado e frenético de informação,  a complexidade em engendrar um cunho propedêutico que possa realizar artimanhas, quanto à compreensão do “homem moderno” se torna um imenso desafio em relacionar uma análise de cernis da simplicidade em termos de evocar uma compreensão do comportamento humano de maneira unilateral. O ensaio discute a desconstrução dos sentidos a partir de uma multiplicidade de oportunidades de entendimento acerca do “homem – moderno”, bem como sua vida foi sendo lapidada através do uso do aprimoramento da Arte e da Filosofia em seus antagônicos modos de existência.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
ZOCARATO, C. A. . SIMPLES E SIMPLICIDADE: DESAFIO E DUALIDADE. Boletim de Conjuntura (BOCA), Boa Vista, v. 6, n. 17, p. 34–39, 2021. DOI: 10.5281/zenodo.4741435. Disponível em: https://revista.ioles.com.br/boca/index.php/revista/article/view/333. Acesso em: 17 ago. 2022.
Seção
Ensaios

Referências

AGOSTINHO, S. Confissões. São Paulo: Editora Vozes, 2008.

ARENDT, H. Origens do Totalitarismo. São Paulo: Editora Companhia das Letras, 1993.

AQUINO, S. T. Suma Teológica. São Paulo: Editora Vozes, 2008.

ARISTÓTELES. A Arte Poética. São Paulo: Editora Martin Claret, 2005.

ARISTÓTELES. Categorias. São Paulo: Editora da Unesp, 2019.

BÍBLIA. A Bíblia Sagrada. São Paulo: Editora Vozes, 2005.

BOWLBY, J. Teoria do Apego, volume I. São Paulo: Editora Martins Fones, 2002.

CIDADE NEGRA. O Erê (CD). Rio de Janeiro: Epic Records, 1996.

ECO, U. O Nome da Rosa. Rio de Janeiro: Editora Record, 2010.

ESPINOSA, B. Tratado Político. São Paulo: Editora Nova Cultural, 1987.

GAARDER, J. O Mundo de Sofia. São Paulo: Editora Companhia das Letras, 2004.

GALEANO, E. As Veias Abertas da América Latina: São Paulo: Editora Paz e Terra, 1983.

KANT, I. Crítica a Razão Pura. São Paulo: Editora Martin Claret, 2005.

SUSKIND, P. O Perfurme. São Paulo: Editora Klick, 1987.