A AUTONOMIA UNIVERSITÁRIA E SUAS CONTRADIÇÕES

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Michel Goulart da Silva

Resumo

Neste ensaio discute-se os limites impostos pela legislação e pela ação dos governos à chamada autonomia universitária. O ensaio também problematiza o impacto desses elementos no cotidiano e nas práticas de gestão das instituições de ensino superior.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SILVA, M. G. da . A AUTONOMIA UNIVERSITÁRIA E SUAS CONTRADIÇÕES. Boletim de Conjuntura (BOCA), Boa Vista, v. 1, n. Especial, p. 66–68, 2019. DOI: 10.5281/zenodo.3893312 . Disponível em: https://revista.ioles.com.br/boca/index.php/revista/article/view/197. Acesso em: 9 dez. 2021.
Seção
Ensaios

Referências

RANIERI, Nina. A autonomia universitária: as universidades públicas e a Constituição Federal de 1988. São Paulo: Imprensa Oficial, 2013.

SILVA, Michel Goulart da. “Ditadura, transição e democracia na Constituição de 1988”. Aurora (UNESP), vol. 12, n. 1, 2019.

SILVA, Michel Goulart da. “Gestão e trabalho nas instituições públicas de ensino”. Revista Posição, vol. 2, n. 2, 2015.

SILVA, Michel Goulart da. “O movimento estudantil e a resistência à ditadura em Santa Catarina”. Tempos Históricos, v. 18, n. 1, 2014.