A INSTRUÇÃO AO SÓSIA COMO FERRAMENTA PARA TRANSFORMAÇÃO DO TRABALHO: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Denílson Rodrigues de Souza
Talita Tamy Toyama
Flávia Soyanna dos Santos Ferreira
Dímitre Moita

Resumo

O texto constitui um relato de experiência acerca de uma intervenção em Saúde do Trabalhador realizada no Estágio Supervisionado Específico em Psicologia e Trabalho, junto a funcionários de um Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CRST) equipamento da Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (RENAST), componente do Sistema Único de Saúde (SUS). Diante do objetivo de identificar e acolher as demandas de saúde mental dos trabalhadores do CRST, optou-se pelos recursos teóricos-metodológicos da Clínica da Atividade, especificamente, a instrução ao sósia, que foi utilizada como ferramenta para análise psicológica do trabalho, propondo uma aproximação mediada entre as pessoas participantes da intervenção e o trabalho real que acontece no cotidiano do Centro. Durante a intervenção, temas sensíveis, que não eram comumente compartilhados, vieram à tona, como os relacionamentos interpessoais, um sentimento de desânimo e de desmotivação dado o desmonte do equipamento. A instrução ao sósia se revela como uma ferramenta útil à finalidade de mediar a relação entre trabalhadores e seu trabalho com vistas à transformação da atividade e promoção da saúde.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SOUZA , D. R. de; TOYAMA , T. T.; FERREIRA , F. S. dos S.; MOITA, D. A INSTRUÇÃO AO SÓSIA COMO FERRAMENTA PARA TRANSFORMAÇÃO DO TRABALHO: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA. Boletim de Conjuntura (BOCA), Boa Vista, v. 11, n. 32, p. 87–96, 2022. DOI: 10.5281/zenodo.6896164. Disponível em: https://revista.ioles.com.br/boca/index.php/revista/article/view/683. Acesso em: 8 ago. 2022.
Seção
Artigos

Referências

BATISTA, M.; RABELO, L. “Imagine que eu sou seu sósia: Aspectos técnicos de um método em clínica da atividade”. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho, vol. 16, n. 1, 2013.

BOUYER, G. C. “Sofrimento social e do trabalho no contexto da área ´saúde mental e trabalho´". Psicologia & Sociedade, vol. 27, n. 1, 2015.

CLOT, Y. A função psicológica do trabalho. Petrópolis: Editora Vozes, 2007.

CLOT, Y. Trabalho e poder de agir. Belo Horizonte: Fabrefactum, 2010.

ODDONE, I.; RE, A.; BRIANTE, G. Redécouvrir l’expérience ouvrière: vers une autre psychologie du travail? Paris: Messidor, 1981.

SANTOS, M. “Análise psicológica do trabalho: dos conceitos aos métodos”. Laboreal, vol. 2, n. 1, 2006.

SENHORAS, E. M. “O campo de poder das vacinas na pandemia da Covid-19”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 6, n. 18, 2021.

SILVA, A. K. L. et al. “Apropriações da Instrução ao Sósia na análise da atividade de trabalho”. Estudos de Psicologia, vol. 21, n. 4, 2016.

VIGOTSKI, L. Teoria e método em Psicologia. São Paulo: Martins Fontes, 2004.