DOCÊNCIA EM TEMPOS DE PANDEMIA: IMPACTOS NA SAÚDE MENTAL DO EDUCADOR

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Thais Aparecida Santos
Amaral Rodrigues Gomes
Erliandro Felix Silva
Tales Douglas Moreira Nogueira
Paula Aparecida Diniz Gomides

Resumo

A pesquisa em tela enfoca as dificuldades enfrentadas por docentes, durante a pandemia de Covid-19, no que tange à saúde mental, visto que o período desencadeou diferentes transtornos. O objetivo deste estudo é analisar os desafios enfrentados pelos docentes, com o advento da pandemia de Covid-19,  a relação entre as tecnologias digitais e a aprendizagem, bem como, o impacto da sobrecarga de trabalho no desempenho docente e saúde mental. Em termos metodológicos, realizamos uma pesquisa de natureza qualitativa e tipo exploratório, com a revisão bibliográfica como principal instrumento. A análise se estabelece por meio da utilização  do software Atlas.ti e da Análise de Conteúdo, com a construção de indicadores que ressaltam desafios e oportunidades no trabalho com a saúde mental dos docentes durante e após a pandemia. Diante da execução da pesquisa, nossos resultados mostram que as adequações no trabalho docente não fomentaram a equidade e ações voltadas à saúde mental. Em decorrência da falta de mecanismos adequados para a elaboração de qualidade de acesso nos meios digitais, as jornadas docentes foram duplicadas, com a descontextualização da produtividade e efetividade do trabalho. Em conclusão, as condições de trabalho diante da pandemia foram atravessadas por características emocionais, organizacionais e contextuais, impactando o adoecimento no trabalho nas esferas pessoal, social e institucional. Em função disso, o período pós-pandêmico deve ser subsidiado com ações de enfrentamento do adoecimento e exaustão profissional, além da (re)estruturação das condições de trabalho e acolhimento.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SANTOS, T. A. . .; GOMES, A. R. . .; SILVA, E. F.; NOGUEIRA, T. D. M. .; GOMIDES, P. A. D. DOCÊNCIA EM TEMPOS DE PANDEMIA: IMPACTOS NA SAÚDE MENTAL DO EDUCADOR. Boletim de Conjuntura (BOCA), Boa Vista, v. 18, n. 52, p. 462–485, 2024. DOI: 10.5281/zenodo.11177214. Disponível em: https://revista.ioles.com.br/boca/index.php/revista/article/view/4104. Acesso em: 19 maio. 2024.
Seção
Ensaios

Referências

AKOUR, A. et al. “The Impact of the COVID-19 Pandemic and Emergency Distance Teaching on the Psychological Status of University Teachers: A Cross-Sectional Study in Jordan”. American Journal of Tropical Medicine and Hygiene, vol. 103, n. 6, 2020.

BRITO, A. R. R. T. et al. A pandemia de Covid-19 e o impacto na saúde mental de docentes (Dissertação de Mestrado em Enfermagem). João Pessoa: UFPB, 2022.

CÁCERES-PIÑALOZA, K. F. “Educación virtual: Creando espacios afectivos, de convivencia y aprendizaje en tiempos de COVID-19”. CienciAmérica, vol. 9, no. 2, 2020.

CARVALHO, T. C. P. Professoras do ensino fundamental em Limeira - SP: vivências do trabalho na pandemia (COVID-19) e desdobramentos em saúde mental (Dissertação de Mestrado em Ciências Aplicadas). Limeira: UNICAMP, 2022.

COELHO, L. E. S.; MARQUES, G. L. W. B.; WANZINACK, C. “Saúde docente na pandemia: um estudo de caso com profissionais do ensino superior da Universidade Federal do Paraná – setor litoral”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 11, n. 33, 2022.

FREITAS, R. F. et al. “Prevalência e fatores associados aos sintomas de depressão, ansiedade e estresse em professores universitários durante a pandemia da COVID-19”. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, vol. 70, n. 4, 2021.

GOMES, N. P. et al. “Saúde mental de docentes universitários em tempos de covid-19”. Saúde e Sociedade, vol. 30, n. 2, 2021.

GOUDARZI, E. et al. “The sudden transition to online learning: Teachers' experiences of teaching during the COVID-19 pandemic”. PLoS One, vol. 18, 2023.

KLEINHEKSEL, A. J. et al. “Qualitative Research In Pharmacy Education Demystifying Content Analysis”. American Journal of Pharmaceutical Education, vol. 84, 2020.

MATIAS, A. B. et al. “The COVID-19 pandemic and teachers' work: perceptions of teachers from a public university in the state of São Paulo, Brazil”. Ciência e Saúde Coletiva, vol. 28, 2023.

MEDINA-GUILLEN, L. F. et al. “Workload in a group of Latin American teachers during the COVID-19 pandemic”. UNICIENCIA, vol. 35, n. 2, 2021.

OZAMIZ-ETXEBARRIA, N. et al. “The emotional state of young people in northern Spain after one year and a half of the COVID-19 pandemic”. European Journal of Pychiatry, vol. 37, n. 2, 2023.

PEREIRA, H. P.; SANTOS, F. V.; MANENTI, M. A. “Saúde mental de docentes em tempos de pandemia: os impactos das atividades remotas”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 3, n. 9, 2020.

PINHO, P. de S. et al. “High prevalence of burnout syndrome among medical and nonmedical residents during the COVID-19 pandemic”. PLoS One, vol.22, 2022.

RIETJENS, B. V. O. G.; TARTUCI, D.; PROCÓPIO, L. V. F. C. “Síndrome de Burnout no Ensino Remoto: repercussões na saúde física e mental de docentes e gestores”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 17, n. 49, 2024.

ROCHA, G. S. Saúde mental e pandemia: um estudo com os professores do Ensino Fundamental – Anos Iniciais do Município de Cascavel/PR (Dissertação de Mestrado em Educação). Cascavel: UNIOESTE, 2021.

SÁNCHEZ, M. et al. “Educational challenges during the covid-19 pandemic: a teachers’ survey at UNAM”. Revista Digital Universitaria, vol. 21, n. 3, 2020.

SANTANA, L. L. et al. “Fatores intervenientes na qualidade de vida docente durante a pandemia de Covid-19”. Revista Electrónica Actualidades Investigativas en Educación, vol. 22, n. 1, 2022.

SANTOS, G. M. R. F.; SILVA, M. E.; BELMONTE, B. R. “COVID-19: emergency remote teaching and university professors’ mental health”. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil, vol. 21 2021.

SENA, E. L. S. et al. “Community therapy as a strategy for promoting the mental health of professors in the COVID-19 pandemic”. Revista Gaúcha de Enfermagem, vol. 44, 2023.

SILVA, C. L.; SANTOS, D. M. B. “Desenvolvimento profissional docente e Educação Básica na pandemia de Covid-19”. Educação em Revista, vol. 39, 2023.

THEODORO, D. L. C. Ensino remoto e saúde mental de professores: desafios, possibilidades e limites no contexto da educação superior (Dissertação de Mestrado em Educação). Cascavel: UNIOESTE, 2022.

TOLEDO, L. C.; CAMPOS, C. R. “Síndrome de Burnout, satisfação de vida, autoestima e otimismo em docentes universitários durante o Ensino Remoto”. Educação em Revista, vol. 39, 2023.

VIEIRA, S. L. et al. “Permanent health education actions in pandemic times: priorities in state and national contingency plans”. Ciência e Saúde Coletiva, vol. 28, 2023.

WALTER, S. A.; BACH, T. M. “Adeus papel, marca-textos, tesoura e cola: inovando o processo de Análise de Conteúdo por meio do Atlas.TI”. Administração, Ensino e Pesquisa, vol. 16, n. 2, 2015.

WINTERS, J. R. D. F. et al. “Remote teaching during the COVID-19 pandemic: repercussions from professors' perspective”. Revista Brasileira de Enfermagem, n. 76, 2023.