ANÁLISES GEOGRÁFICAS DA REORGANIZAÇÃO DO SISTEMA DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DA CIDADE DE MANAUS

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Thiago Oliveira Neto
Ricardo José Batista Nogueira

Resumo

O transporte público e coletivo de passageiros nas cidades apresentam transformações, possuem diversos problemas e dimensões espaciais que podem ser compreendidas a partir de diferentes conceitos da ciência geográfica. Neste estudo, o objetivo do texto é analisar a partir da geografia urbana o transporte urbano da cidade de Manaus no período atual, com enfoque para as mudanças no período contemporâneo e que necessitam de um conjunto de reflexões e análises. Partindo de um enfoque teórico-dedutivo, realizou-se levantamentos bibliográficos com revisão bibliográfica e documental, assim como, trabalho de campo in loco. Os dados e informações levantadas fora sistematizada e analisada por meio de esquemas e da iconografia. Com a pesquisa realizada, identificou-se diferentes produções de imagens e de discursos sobre o transporte público, a presença de uma concorrência complexa e por fim, a redução do emprego de ônibus articulados nas linhas de alta demanda da cidade, sendo resultado de dinâmicas capitalistas por parte das empresas.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
OLIVEIRA NETO, T.; NOGUEIRA, R. J. B. ANÁLISES GEOGRÁFICAS DA REORGANIZAÇÃO DO SISTEMA DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DA CIDADE DE MANAUS. Boletim de Conjuntura (BOCA), Boa Vista, v. 17, n. 49, p. 700–722, 2024. DOI: 10.5281/zenodo.10613954. Disponível em: https://revista.ioles.com.br/boca/index.php/revista/article/view/3247. Acesso em: 26 fev. 2024.
Seção
Ensaios

Referências

ALVES, J. “Uber começa a funcionar em Manaus nesta quarta-feira (12)”. G1 [2017]. Disponível em: . Acesso em: 23/12/2023.

AM, B. M. “Viação São Pedro 0314015”. Ônibus Brasil [2023]. Disponível em: . Acesso em: 24 dez 2023.

ARROYO, M. M. “Redes e circulação no uso e controle do território”. In: ARROYO, M.; CRUZ, R. A. S. (orgs.). Território e Circulação: A dinâmica contraditória da globalização. São Paulo: Editora Annablume, 2015.

BAZANI, A. “Açaí, que fechou em Manaus, convoca funcionários para acordo rescisório ou baixa na carteira”. Diário do Transporte [2021]. Disponível em: . Acesso em: 20/12/2023.

BAZI, C. L.; MACIEL, J. S. C. “Sustentabilidade no transporte é possível? Análise da implantação de ciclofaixa em Avenida de Manaus como estímulo ao transporte não motorizado”. Brazilian Journal of Animal and Environmental Research, vol. 4, n. 3, 2021.

BERTUCCI, J. O. “Os Benefícios do transporte coletivo”. Boletim Regional, Urbano e Ambiental, n. 5, 2011.

BORGES, J. C. Trabalho, violência e sofrimento: estudo com cobradoras de transporte coletivo urbano de Manaus (Dissertação de Mestrado em Psicologia). Manaus: UFAM, 2012.

BRASIL. Lei n. 12.587, de 3 de janeiro de 2012. Brasília: Planalto, 2012. Disponível em: Acesso em: 23/12/2023.

BRITO, M. S. S. Paisagem e Lugar: um estudo sobre os Terminais de Integração de Manaus - AM (Dissertação de Mestrado em Geografia). Manaus: UFAM, 2022.

CASTRO, M. “Trabalhadores são surpreendidos com empresa de ônibus coletivo fechada em Manaus”. G1 [2021]. Disponível em: . Acesso em: 23/12/2023.

CAVALCANTE, L. “Queda de usuários provocou precariedade no transporte público, dizem vereadores”. Jornal A Crítica [2019]. Disponível em: . Acesso em: 22/12/2023.

CHAPOUTOT, J. J.; GAGNEUR, J. Caractères économiques des transports urbains. Grenoble: Université des Sciences Sociales, 1973.

DIAS, M. F. G. “Uberização: reflexos da precarização do trabalho no século XXI”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 4, n. 10, 2020.

EMODI, N. V. et al. “Transport sector decarbonisation in the Global South: A systematic literature review”. Energy Strategy Reviews, vol. 43, 2022.

FIORAVANTI, L. M. et al. “Plataformas digitais e fluxos urbanos: dispersão e controle do trabalho precário”. Caderno Metropolitano, vol. 26, n. 59, 2024.

GOMIDE, A. Á. “Mobilidade urbana, iniquidade e políticas sociais”. Políticas Sociais: Acompanhamento e Análise, n. 12, 2006.

GUZMÁN, L. A. et al. “Buying a car and the street: Transport justice and urban space distribution”. Transportation Research Parte D: Transport and Environment, vol. 95, 2021.

HOLANDA, S. P. et al. “The environmental benefits of transportation electrification: Urban buses”. Energy Policy, vol. 148, 2021.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. “Cidade – Manaus”. IBGE [2023]. Disponível em: Acesso em: 23/12/2023.

JUILLET, A. “Sur la place des transports dans l’économie capitaliste”. La Vie Urbaine n. 3, 1971.

LANGENBUCH, J. R. “Sistemas de transporte urbano contando apenas com meios leves, mas parcialmente hierarquizados em esquemas tronco-alimentador- casos brasileiros”. Geografia, vol. 21, n. 2, 1996.

LIMA, M. C. O ir e vir urbano: uma análise sobre o transporte coletivo em Manaus entre 1980 e 2000 (Dissertação de Mestrado em Sociedade e Cultura na Amazônia). Manaus: UFAM, 2005.

MAIER, R. et al. “Cutting social costs by decarbonizing passenger transport”. Transportation Research Part D: Transport and Environment, vol. 122, 2023.

MANAUS. Plano de Mobilidade Urbana de Manaus. Manaus: Oficina de Consultores, 2015.

MELO, F. M.; SILVA, F. B. A. “Os três núcleos produtivos do imobiliário em Manaus-AM”. Geoamazônia, vol. 10, n. 20, 2022.

MELO, F. M.; SILVA, F. B. A. “Panorama da produção imobiliária em Manaus: alguns apontamentos”. Anais do XIV Encontro Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Geografia: Campinas: UNICAMP, 2021.

MOREIRA, A. B. “Está nascendo um novo líder: uberização do trabalho e mobilidade urbana no Brasil”. Boletim de Conjuntura (BOCA), v. 8, n. 22, 2021.

NOBRE, C. E. “Verticalidades e horizontalidades na constituição dos lugares: proposta metodológica para estudo de empresas de food delivery a partir dos dois circuitos da economia urbana”. Ateliê Geográfico, vol. 17, n. 2, 2023.

OLIVEIRA NETO, T. “Transporte público em Manaus: elementos iniciais para um debate contemporâneo”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 11, n. 32, 2022.

OLIVEIRA NETO, T.; NOGUEIRA, R. J. B. “O transporte rodoviário de passageiros no Brasil”. Revista Territorio y Transportes, n. 17, 2017.

OLIVEIRA, J. A.; MAGALHÃES, S. P. “A circulação na Manaus da Belle Époque: modernização e exclusão”. Mercator, vol. 2, n. 4, 2003.

PADILHA, K. “Integração Transportes 0423007”. Ônibus Brasil [2022]. Disponível em: . Acesso em: 24/12/2023.

PADILHA, K. “Vega Transportes 1023003”. Ônibus Brasil [2023]. Disponível em: . Acesso em: 24/12/2023.

PONTES, B. S. et al. “Analysis of the perception of urban mobility by users in the city of Manaus”. Research, Society and Development, vol. 11, n. 17, 2022.

RODRIGUES, R. P.; BRAGA, S. I. G. “Metamorfose ambulante”: uma viagem de ônibus como rito de passagem. Somalu, vol. 8, n. 1, 2008.

SANTOS, G. A. N. “Informal, formal e oficial: a operação do transporte coletivo nos municípios da Região Metropolitana de Belém”. Geoamazônia, vol. 8, 2020.

SANTOS, G. A. N. Idas e vindas das metrópoles amazônicas: estudo de caso dos sistemas de transporte coletivo de Manaus e Belém (Trabalho de Conclusão de Curso de Graduação em Geografia). Manaus: UFAM, 2019.

SANTOS, M. A Natureza do Espaço: Técnica e Tempo, Razão e Emoção. São Paulo: Editora da USP, 1996.

SCHMIDT; S.; RIOS, T. “Pesquisa revela que mais de 14% mudaram a forma de deslocamento no pós-pandemia na Região Metropolitana do Rio”. O Globo [2023]. Disponível em: . Acesso em: 22/12/2023.

SILVA, T. B. et al. “Assessment of decarbonization alternatives for passenger transportation in Rio de Janeiro, Brazil”. Transportation Research Part D: Transport and Environment, vol. 103, 2022.

SILVEIRA, M. R.; COCCO, R. G. “Transporte público, mobilidade e planejamento urbano: contradições essenciais”. Estudos Avançados, vol. 27, n. 27, 2013.

SINETRAM - Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas. Novo integrante da frota da Auto Ônibus Líder. SINETRM [2023]. Disponível em: . Acesso em: 24/12/2023.

SOARES MENDES, R. “Integração Transportes 0411056”. Ônibus Brasil [2021]. Disponível em: . Acesso em: 23/12/2023.

SOUZA, D. C. Mulheres e deslocamento: um olhar sobre as viagens de ônibus em Manaus (Dissertação de Mestrado em Antropologia Social). Manaus, UFAM, 2023.

SOUZA, T. “Vega Transportes 1014005”. Ônibus Brasil [2023]. Disponível em: . Acesso em: 23/12/2023.

TOZI, F. “As novas tecnologias da informação como suporte à ação territorial das empresas de transporte por aplicativo no Brasil”. Anais do XV Coloquio Internacional de Geocrítica Las Ciencias Sociales. Barcelona: Universidad de Barcelona, 2018.

TOZI, F. “From cloud to national territory: a periodization of ridesharing platforms in Brazil”. Geousp, vol. 24, n. 3, 2020.

TOZI, F. et al. “O serviço Uber Moto no Brasil: operação às margens da legalidade e vampirização das formas de transporte popular”. Ateliê Geográfico, vol. 17, n. 2, 2023.

WRIGHT, C. L. “A regulamentação econômica dos Transportes”. Revista Brasileira de Economia, vol. 36, n. 2, 1982.

ZEIGERMAN, I.; REIS, I. B. Otimização do limite de rotação de ônibus urbano usando algoritmo genético - Projeto. Brasília: Editora da UnB, 2015.