AVANÇOS E DESAFIOS NO PERCURSO DE CRIAÇÃO DE UMA UNIDADE REGIONAL DE SAÚDE PÚBLICA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Márcia Andréia Pereira da Silva
Janete Lima de Castro

Resumo

O presente artigo objetivou identificar os motivos que levaram à criação da VII Unidades Regionais de Saúde Pública (VII URSAP) e os desafios encontrados na implementação dessa URSAP. Trata-se de um estudo descritivo, de abordagem qualitativa, que aplicou entrevista semiestruturada e análise documental. Os dados foram analisados segundo a técnica de análise de conteúdo na modalidade temática, proposta por Laurence Bardin. Os discursos dos participantes e documentos analisados constataram a necessidade de criação da VII URSAP em diferentes espaços de governança e solicitação pelos municípios da 7ª Região de Saúde que necessitavam de apoio técnico da Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte para melhor execução dos seus processos de trabalho e resolução das necessidades de saúde do seu território, bem como fortalecimento das pactuações em saúde na Comissão Intergestores Regional. Como principal dificuldade enfrentada na implementacão dessa Regional de Saúde observa-se a necessidade de melhoria no quantitativo de pessoal, na estrutura física, nos espaços de governança e na comunicação efetiva. Ademais, os municípios da 7ª Região de Saúde precisam de apoio regional de forma contínua, nos três níveis de atenção à saúde, uma vez que a VII URSAP está em fase de implementação, atuando nas demandas mais urgentes e prioritárias, necessitando fortalecer o planejamento, monitoramento e avaliação das condições de saúde para atingir as atribuições de sua competência.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SILVA, M. A. P. da .; CASTRO, J. L. de . AVANÇOS E DESAFIOS NO PERCURSO DE CRIAÇÃO DE UMA UNIDADE REGIONAL DE SAÚDE PÚBLICA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. Boletim de Conjuntura (BOCA), Boa Vista, v. 17, n. 49, p. 174–195, 2024. DOI: 10.5281/zenodo.10480623. Disponível em: https://revista.ioles.com.br/boca/index.php/revista/article/view/3050. Acesso em: 26 fev. 2024.
Seção
Artigos

Referências

ANDRADE, S. K. V. et al. “Consórcio Público de Saúde no processo de regionalização: análise sob o enfoque da ação coletiva”. Physis: Revista de Saúde Coletiva, vol. 32, 2022.

ASSUNÇÃO, L. L. R.; THOMÉ, C. “Gestão por competências na administração pública: uma revisão sistemática”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 16, n. 47, 2023.

BALDIN, N.; MUNHOZ, E. M. “Educação ambiental comunitária: uma experiência com a técnica de pesquisa snowball (bola de neve)”. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, vol. 27, 2011.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. São Paulo: Editora Edições 70, 2011.

BERNARDES, R. M.; ANDRADE, S. C. P. “O apoio institucional como estratégia de gestão e fortalecimento da rede”. Anais do XII Congresso Brasileiro de Medicina de Família e Comunidade. Belém: UFPA, 2013.

BOCKORNI, B. R. S.; GOMES, A. F. “A amostragem em snowball (bola de neve) em uma pesquisa qualitativa no campo da administração”. Revista de Ciências Empresariais da UNIPAR, vol. 22, n. 1, 2021.

BRASIL. DATASUS: Departamento de Informática do SUS. Brasília: Ministério da Saúde, 2021. Disponível em: . Acesso em: 10/09/2023.

BRASIL. Decreto n. 15.419, 26 de abril de 2001. Brasília: Planalto, 2001. Disponível em: . Acesso em: 10/09/2023.

BRASIL. Decreto n. 7.608, de 28 de junho de 2011. Brasília: Planalto, 2011. Disponível em: . Acesso em: 10/09/2023.

BRASIL. Histórico de Cobertura: APS na Região Metropolitana. Brasília: Ministério da Saúde, 2023. Disponível em: . Acesso em: 10/09/2023.

BRITO, C. S. et al. “Apoio institucional na Atenção Primária em Saúde no Brasil: uma revisão integrativa”. Ciência e Saúde Coletiva, vol. 27, 2022.

FEITOSA, L. C. A regionalização da saúde no Rio Grande do Norte: elementos para a compreensão da dinâmica dos lugares (Dissertação de Mestrado em Dinâmica e Reestruturação do Território). Natal: UFRN, 2013.

FELIZARDO, G. E. L. et al. “Gestão de Recursos Humanos no Setor Público”. Id Online: Revista de Psicologia, vol. 16, n. 61, 2022.

FERNANDES, A. M. et al. “Metodologia de pesquisa de dissertações sobre inovação: Análise bibliométrica”. Desafio Online, vol. 6, n. 1, 2018.

GOMES, S. et al. “A atuação coordenadora do governo do Rio Grande do Norte no combate à covid-19: inovação em tempos de crise?”. Saúde e Sociedade, vol. 31, 2022.

GUERRA, D. M. et al. “Índice de Dependência Regional e Macrorregional: uma contribuição ao processo de regionalização do SUS”. Saúde em Debate, vol. 47, 2023.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. População dos municípios da Região Metropolitana do Rio Grande do Norte. Brasília: IBGE, 2022. Disponível em: . Acesso em: 08/09/2023.

LOPES, L. M. V.; DANTAS, R. F.; AMORIM, K. P. C. “Bioética, pronunciamentos oficiais do brasil e pandemia da covid-19: irresponsabilidade e desproteção”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 16, n. 48, 2023.

MARTINELLI, N. L. et al. “Regionalização e Rede de Atenção à Saúde em Mato Grosso”. Saúde e Sociedade, vol. 31, 2022.

PAIM, J. S. SUS - Sistema Único de Saúde: Tudo o que você precisa saber. Brasília: Editora Atheneu, 2019.

PRATA, D. R. A.; ARAÚJO, M. V. R.; ARCE, V. A. R. “O apoio institucional na gestão da Atenção Básica do estado da Bahia: uma análise do processo de trabalho”. Trabalho, Educação e Saúde, vol. 21, 2023.

RIO GRANDE DO NORTE. Decreto n. 30.345, de 30 de dezembro de 2020. Natal: Assembleia Legislativa, 2020. Disponível em: . Acesso em: 15 mar. 2023

ROCHA, R.; RACHE, B.; NUNES, L. A Regionalização da Saúde no Brasil. São Paulo: IEPS, 2022.

SESAP-RN - Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte. Plano Estadual de Saúde: 2016-2019. Natal: Secretaria Estadual de Saúde, 2016. Disponível em: . Acesso em: 15/09/2023.

SESAP-RN - Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte. Plano Estadual de Saúde: 2020-2023. Natal: Secretaria Estadual de Saúde, 2020. Disponível em: . Acesso em: 15/09/2023.

SHIMIZU, H. E. et al. “Regionalização da saúde no Brasil na perspectiva dos gestores municipais: avanços e desafios”. Ciência e Saúde Coletiva, vol. 26, 2021.

SILVA, D. C. et al. “Características de pesquisas qualitativas: estudo em teses de um programa de pós-graduação em educação”. Educação em Revista, vol. 38, 2022.

SORATTO, J. et al. “Insatisfação no trabalho de profissionais da saúde na estratégia saúde da família”. Texto e Contexto-Enfermagem, vol. 26, 2017.

VASCONCELOS, C. M.; PINHEIRO, T. X. A. Implementação da Regionalização da Saúde no RN. Natal: Editora UFRN, 2008.

VIANA, A. L. et al. Novas perspectivas para a regionalização da saúde. Rio de Janeiro: Editora da FGV, 2008.

WAMMES, L. T. et al. “A pandemia da covid-19 e seus reflexos no desenvolvimento humano”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 15, n. 45, 2023.

XAVIER, P. B. et al. “Impactos da covid-19 no trabalho colaborativo na atenção primária à saúde”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 15, n. 44, 2023.