INTERVENÇÃO PSICOSSOCIAL ONLINE COM IDOSOS NO CONTEXTO DA PANDEMIA DA COVID-19: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Ronald Santos de Santana
Lucas Ibrahim Simões de Aragão
Kátia Jane Chaves Bernardo

Resumo

A pandemia da COVID-19 e as consequentes medidas de proteção trouxeram mudanças significativas para a vida dos idosos que, sendo parte do grupo de risco para a doença, passaram a ser isolados. Tal isolamento pode ter efeitos danosos à saúde mental, sendo fator de risco para o desenvolvimento de psicopatologias. Perante tal cenário, fomos convocados a adaptar estratégias para mitigação dos efeitos psicossociais da quarentena entre os idosos. O projeto “Ô de casa: abrindo as janelas da vida” objetivou realizar uma intervenção psicossocial online com idosos participantes da Universidade Aberta à Terceira Idade de uma universidade pública do Estado da Bahia. A intervenção desenvolveu atividades de fortalecimento das redes de apoio dos idosos participantes, promoção da reflexão e acolhimento, possibilitando a psicoeducação de questões de saúde mental e estimulação cognitiva. As atividades ocorreram ao longo de 29 semanas do ano de 2020. Foram realizados encontros semanais, em caráter síncrono, através de plataforma de reuniões virtuais, e atividades assíncronas duas vezes por semana através do WhatsApp. As atividades desenvolvidas abrangeram videochamadas em grupo, em que adotamos uma abordagem psicoeducativa sobre as funções cognitivas; exercícios e desafios de estimulação cognitiva; divulgações de cursos, oficinas e palestras virtuais; e o Anjo Virtual, em que cada participante recebeu o contato de outro participante, tornando-se responsável por conversar com aquela pessoa durante a semana. O compartilhamento de sentimentos, experiências e informações, bem como o suporte e fortalecimento das redes de apoio dos idosos participantes foram alguns dos resultados alcançados, sendo fatores imprescindíveis para reduzir os impactos psicossociais às pessoas em situação de vulnerabilidade e com necessidade de apoio no contexto da pandemia. A intervenção encontrou, entretanto, desafios ao ser realizada numa modalidade virtual, tanto por dificuldades de manejo das tecnologias utilizadas por parte dos idosos, quanto por características próprias do ciberespaço, o que exigiu flexibilidade no planejamento e execução das atividades, envolvendo uma experimentação dentro dos limites éticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SANTOS DE SANTANA, R.; IBRAHIM SIMÕES DE ARAGÃO , L. .; JANE CHAVES BERNARDO , K. . INTERVENÇÃO PSICOSSOCIAL ONLINE COM IDOSOS NO CONTEXTO DA PANDEMIA DA COVID-19: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA. Boletim de Conjuntura (BOCA), Boa Vista, v. 6, n. 16, p. 69–83, 2021. DOI: 10.5281/zenodo.4699155. Disponível em: https://revista.ioles.com.br/boca/index.php/revista/article/view/273. Acesso em: 7 jul. 2022.
Seção
Artigos

Referências

AFONSO, M. L. M. (org.). Oficina em dinâmicas de grupo: um método de intervenção psicossocial. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2006.

ALVARENGA, M. R. M. et al. “Rede de suporte social do idoso atendido por equipes de Saúde da Família”. Ciência & Saúde Coletiva, vol. 16, n. 5, maio, 2011.

BORLOTI, E. et al. “Saúde Mental e Intervenções Psicológicas durante a Pandemia da Covid-19: um panorama”. Revista Brasileira de Análise do Comportamento, vol. 16, n. 1, junho, 2020.

BONILHA, A. C. Oficinas de estimulação cognitiva via computador e a melhoria na qualidade de vida de idosos de uma coorte populacional assistidos na atenção primária à saúde (Dissertação de Mestrado em Ciências). São Paulo: UNIFESP, 2017.

BULSING, F. et al. “A influência dos grupos de convivência sobre a auto-estima das mulheres idosas do município de Santa Cruz do Sul - RS”. Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano, vol. 4, n. 1, janeiro, 2007.

CACHIONI, M.; NERI, A. L. “Educação e velhice bem-sucedida no contexto das universidades da terceira idade”. In: NERI, A. L.; YASSUDA, M. (orgs.). Velhice bem-sucedida: Aspectos afetivos e cognitivos. Campinas: Papirus, 2012.

CHEN, Y. R.; SCHULZ, P. J. “The Effect of Information Communication Technology Interventions on Reducing Social Isolation in the Elderly: A Systematic Review”. Journal of Medical Internet Research, vol. 18, n. 1, janeiro, 2016.

CFP - Conselho Federal de Psicologia. Código de Ética Profissional do Psicólogo. Brasília: CFP, 2005. Disponível em <https://site.cfp.org.br>. Acesso em 26/01/2021.

COCENTINO, J. M. B.; VIANA, T. C. “A velhice e a morte: reflexões sobre o processo de luto”. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, vol. 14, n. 3, 2011.

CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA. Resolução nº 4, de 26 de março de 2020. Dispõe sobre regulamentação de serviços psicológicos prestados por meio de Tecnologia da Informação e da Comunicação durante a pandemia do COVID-19. Brasília: CFP, 2020. Disponível em <https://site.cfp.org.br/>. Acesso em 26/01/2021.

CRP-03 - Conselho Regional de Psicologia da 3ª Região. “E-PSI: Conselho Federal de Psicologia disponibiliza sistema de atualização cadastral para psicólogas com endereço de e-mail desatualizado ou não cadastrado”. Portal do Conselho Regional de Psicologia da Bahia – 3ª Região [20/04/2020]. Disponível em: <https://www.crp03.org.br>. Acesso em 26/01/2021.

DONNAMARIA, C. P.; TERZIS, A. “Experimentando o dispositivo terapêutico de grupo via internet: primeiras considerações de manejo e desafios éticos”. Revista da SPAGESP - Sociedade de Psicoterapias Analíticas Grupais do Estado de São Paulo, vol. 12, n. 2, julho, 2011.

DOMINGUEZ, B. “Alerta global: novo coronavírus é a sexta emergência em saúde pública de importância internacional declarada pela OMS”. RADIS [01/03/2020]. Disponível em: <https://radis.ensp.fiocruz.br>. Acesso em 26/01/2021.

FARO, A. et al. “COVID-19 e saúde mental: a emergência do cuidado”. Estudos de Psicologia (Campinas), vol. 37, e200074, junho, 2020.

FIOCRUZ - Fundação Oswaldo Cruz. Saúde Mental e Atenção Psicossocial na Pandemia Covid-19: recomendações aos trabalhadores e cuidadores de idosos. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2020a.

FIOCRUZ - Fundação Oswaldo Cruz. Mental e Atenção Psicossocial na Pandemia Covid-19: recomendações gerais. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2020b.

FIOCRUZ - Fundação Oswaldo Cruz. Saúde Mental e Atenção Psicossocial na Pandemia Covid-19: quarentena na COVID-19 - orientações e estratégias de cuidado. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2020c.

GARCIA, A; LEONEL, S. B. “Relacionamento interpessoal e terceira idade: a mudança percebida nos relacionamentos com a participação em programas sociais para a terceira idade”. Pesquisas e Práticas Psicossociais, vol. 2, n. 1, março, 2007.

GIRDHAR, R.; SRIVASTAVA, V.; SETHI, S. “Managing mental health issues among elderly during COVID-19 pandemic”. Journal of Geriatric Care and Research, vol. 7, n. 1, 2020.

GUTIERREZ, B. A. O.; LIMA, V. L. “A influência da rede de suporte social nos aspectos biopsicossociais de pessoas idosas hospitalizadas”. Revista Kairós: Gerontologia, vol. 15, n. 6, dezembro, 2012.

HAMMERSCHMIDT, K. S. A.; SANTANA, R. F. “Saúde do Idoso em Tempos de Pandemia COVID-19”. Cogitare Enfermagem, vol. 25, e72846, abril, 2020.

IASC – Inter-Agency Standing Committee. Como lidar com os aspectos psicossociais e de saúde mental referentes ao surto de COVID-19 [03/2020]. Disponível em: <http://saudementalcovid19.org.br>. Acesso em: 26/11/2021.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Desigualdades sociais por cor ou raça no Brasil. Rio de Janeiro: IBGE, 2019. Disponível em: <https://biblioteca.ibge.gov.br>. Acesso em: 26/01/2021

INOUYE, K. et al. “Efeito da Universidade Aberta à Terceira Idade sobre a qualidade de vida do idoso”. Educação e Pesquisa, vol. 44, e142931, agosto, 2018.

LIPPI, G. et al. “Health risks and potential remedies during prolonged lockdowns for coronavirus disease 2019 (COVID-19)”. Diagnosis, vol. 7, n. 2, 2020.

PEREIRA, E. R.; SAWAIA, B. B. Práticas grupais: espaço de diálogo e potência. São Carlos: Pedro & João, 2020.

PESSOA, R. P. M. et al. “Da Demência ao Transtorno Neurocognitivo Maior: Aspectos Atuais”. Revista Ciências em Saúde, vol. 6, n. 4, dezembro, 2016.

PINTO, A. L. F. “Memória: um desafio à autonomia do idoso”. Família, Saúde e Desenvolvimento, vol. 1, n. 1, dezembro, 1999.

PLONER, K. S.; GOMES, M. C.; SANTOS, S. T. “Metamemória no envelhecimento e os impactos promovidos pela Oficina de Memória”. Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano, vol. 13, n. 2, maio, 2016.

RABELO, D. F.; NERI, A. L. “Intervenções psicossociais com grupos de idosos”. Revista Kairós: Gerontologia, vol. 16, n. 4, 2013.

RABELO, D. F.; NERI, A. L. “A complexidade emocional dos relacionamentos intergeracionais e a saúde mental dos idosos”. Pensando Famílias, vol. 18, n. 1, junho, 2014.

SCHMIDT, B. et al. “Saúde mental e intervenções psicológicas diante da pandemia do novo coronavírus (COVID-19)”. Estudos de Psicologia (Campinas), vol. 37, e200063, maio, 2020.

SENHORAS, E. M. “COVID-19 e os padrões das relações nacionais e internacionais”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 3, n. 7, 2020.

SIEGMUND, G. et al. “Aspectos éticos das intervenções psicológicas online no Brasil: Situação atual e desafios”. Psicologia em Estudo, vol. 20, n. 3, setembro, 2015.

SOUZA, P. A. et al. “Oficinas de estimulação cognitiva para idosos com demência: uma estratégia de cuidado na enfermagem gerontológica”. Revista Gaúcha de Enfermagem, vol. 29, n. 4, dezembro, 2008.

STEDILE, J. M.; GOMES, M. C.; MARKOSKI, T. N. "Fatores psicológicos associados à falta de memória em idosos: programa Zen Sênior como recurso terapêutico – revisão narrativa e análise descritiva”. Revista Científica Faculdade Unimed, vol. 1, n. 2, outubro, 2019.

VIANA, D. M. “Atendimento psicológico online no contexto da pandemia de covid-19”. Revista Científica da Escola de Saúde Pública do Ceará, vol. 14, n. 1, julho, 2020.

YASSUDA, M. S.; LASCA, V. B.; NERI, A. L. “Meta-memória e auto-eficácia: um estudo de validação de instrumentos de pesquisa sobre memória e envelhecimento”. Psicologia: Reflexão e Crítica, vol. 18, n. 1, abril, 2005.

WHO - World Health Organization. “Coronavirus Disease (Covid-19) Situation Dashboard”. Portal Eletrônico da World Health Organization [14/01/2021]. Disponível em: <https://covid19.who.int>. Acesso em: 26/01/2021.