O PROGRAMA DE INOVAÇÃO EDUCAÇÃO CONECTADA NO MUNICÍPIO DE ILHÉUS/BA: RELAÇÃO PÚBLICO/PRIVADO

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Cosmerina de Souza de Carvalho
Shirley Ferreira dos Santos
Lívia Andrade Coelho

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar a implementação do Programa de Inovação Educação Conectada (PIEC) no município de Ilhéus/Ba, com vistas a compreender e discutir a relação do setor público com o privado, para inserção de Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação em escolas públicas. Trata-se de uma pesquisa documental, cujas fontes principais são documentos referentes ao Programa disponibilizados pela Secretaria de Educação do município, como o projeto submetido para participar da seleção, informações publicizadas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e pelo Ministério da Educação (MEC). Os dados revelaram que, apesar do Programa possibilitar a conectividade e recursos tecnológicos nas escolas públicas, o uso é primário e inconstante. Há limitação dos artefatos tecnológicos e do acesso à internet, o que incentiva, por exemplo, um uso restrito à alfabetização digital e ao consumo de conteúdo, como consequência das parcerias público e privado que fomentam políticas públicas visando o lucro, e, com isso, não avança na perspectiva de uma apropriação crítica e criativa das tecnologias digitais. Além disso, é necessário o investimento efetivo para formação continuada das/os professoras/es.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
CARVALHO, C. de S. de .; SANTOS, S. F. dos; COELHO, L. A. O PROGRAMA DE INOVAÇÃO EDUCAÇÃO CONECTADA NO MUNICÍPIO DE ILHÉUS/BA: RELAÇÃO PÚBLICO/PRIVADO. Boletim de Conjuntura (BOCA), Boa Vista, v. 16, n. 47, p. 145–162, 2023. DOI: 10.5281/zenodo.10157177. Disponível em: https://revista.ioles.com.br/boca/index.php/revista/article/view/2615. Acesso em: 26 fev. 2024.
Seção
Ensaios

Referências

BAHIA. Justificativa sobre as alterações na planilha de infraestrutura do projeto orçado em R$ 5mi do Território Bahia. Bahia: SEC, 2019. Disponível em: . Acesso em: 23/09/2023.

BAHIA. Projeto Territorial Revisado Bahia. Bahia: SEC, 2019. Disponível em: . Acesso em: 23/09/2023.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Editora Edições 70, 2011.

BARRETO, R. G. “Objects as subjects: the radical displacement”. In: FERREIRA, G. M. S.; ROSADO, L. A. S.; CARVALHO, J. S. (orgs.). Education and Technology: critical approaches. Washington: Scientific Board, 2017.

BARROSO, J. “O Estado, a Educação e a Regulação das Políticas Públicas”. Educação e Sociedade, vol. 26, n. 92, 2005.

BNDES - Banco Nacional Desenvolvimento Econômico e Social BNDES. “Educação Conectada já beneficia 168 mil estudantes de 406 escolas públicas”. BNDES [2019]. Disponível em: . Acesso em: 15/07/2023.

BNDES - Banco Nacional Desenvolvimento Econômico e Social. Chamada Pública BNDES: Educação Conectada – implementação e uso de tecnologias digitais na educação. Brasília: BNDES, 2020. Disponível em: . Acesso em: 19/10/2023.

BNDES - Banco Nacional Desenvolvimento Econômico e Social. Edital de Seleção n. 001/2018. Brasília: BNDES, 2018. Disponível em: . Acesso em: 20/10/2023.

BNDES - Banco Nacional Desenvolvimento Econômico e Social. Guia de Gestores Escolares: implementação do projeto de inovação e tecnologia na Bahia. Brasília: BNDES, 2021. Disponível em: . Acesso em: 10/ 07/2023.

BONILLA, M. H. S. “Políticas Públicas para Inclusão digital nas escolas”. Motrivivência, n. 34, 2010.

BONILLA, M. H. S.; PRETTO, N. D. L. “Política educativa e cultura digital: entre práticas escolares e práticas sociais”. Perspectiva, vol. 33, n. 2, 2015.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: Ministério da Educação, 2017. Disponível em: . Acesso em: 20/10/2023.

BRASIL. Programa de Inovação e Educação Conectada. Brasília: Ministério da Educação, 2017. Disponível em: . Acesso em: 20/10/2023.

BRASIL. Programa de Inovação Educação Conectada. Brasília: Ministério da Educação, 2020. Disponível em: . Acesso em: 20/10/2023.

BRITO, S. H. A.; MARINS, G. A. M. B. “Fundação Lemann e o Programa de Inovação Educação Conectada: em pauta as relações entre público e privado no campo das políticas educacionais”. Educar em Revista, vol. 36, 2020.

CARNOY, M. Educação, Economia e Estado: base e superestrutura: relações e mediações. São Paulo: Editora Autores Associados, 1984.

CETIC.BR - Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação. TIC educação 2021. São Paulo: CETIC, 2022. Disponível em: . Acesso em: 16/06/2023.

CGI.BR - Comitê Gestor da Internet no Brasil. “Educação em um cenário de plataformização e de economia de dados: parcerias e assimetrias”. CGI.BR [2022]. Disponível em: . Acesso: 04/09/2023.

HEINSFELD, B. D.; PISCHETOLA, M. “O discurso sobre tecnologias nas políticas públicas em educação”. Educação e Pesquisa, vol. 45, 2019.

MARIMON-MARTÍ, M. et al. “Análisis de la competencia digital docente en la formación inicial de maestros y maestras”. Revista de Investigación Educativa, vol. 41 n. 1, 2023.

MATOS, D. A. S.; RODRIGUES, E. C. “Indicadores educacionais e contexto escolar: uma análise das metas do Ideb”. Estudos em Avaliação Educacional, vol. 27, n. 66, 2021.

OLIVEIRA, M. S.; SILVA, M. D. S. “Formação com tecnologia digital: potencializando a aprendizagem geométrica”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 15, n. 45, 2023.

PISCHETOLA, M.; HEINSFELD, B. D. “Eles já nascem sabendo!”: desmistificando o conceito de nativos digitais no contexto educacional. Revista Novas Tecnologias na Educação, vol. 16, n. 1, 2018.

PRETTO, N. L. Uma escola sem/com futuro: educação e multimídia. Salvador: Editora da UFBA, 2013.

SILVA, M. A. “Dimensões da política do Banco Mundial para a educação básica pública”. In: SILVA, M. A.; CUNHA, C. (orgs.). Educação Básica: Políticas, avanços e pendências. Campinas: Editora Autores Associados, 2014.

SILVEIRA, S. A. et al. Colonialismo de dados: como opera a trincheira algorítmica na guerra neoliberal. São Paulo: Editora Autonomia Literária, 2021.

SOUZA, J. S. Tabuleiro digital: vivências, dinâmicas e tensões: um estudo de caso (Trabalho de Conclusão de Curso de Graduação em Pedagogia). Salvador: UFBA, 2008.

VIANA, J. A. R. et al. “Aprendizagem ativa e tecnologias digitais no contexto escolar: potencialidades do aplicativo classdojo na comunicação digital em sala de aula”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 14, n. 41, 2023.