DINÂMICAS DE FRONTEIRA: CONSTRUÇÃO E PERCEPÇÃO NAS ZONAS LIMÍTROFES DE RIO BRANCO/UY E JAGUARÃO/BR

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Juliana Porto Machado
Bruno César Alves Marcelino
Rodrigo da Costa Segóvia

Resumo

O estudo visa entender a dinâmica das fronteiras, focando na complexa interação cultural e histórica entre os transeuntes da cidade de Jaguarão, no Brasil, e Rio Branco, no Uruguai. O objetivo principal é discutir sobre o papel das fronteiras como espaços multidimensionais que influenciam as interações sociais, culturais e econômicas, destacando sua dualidade como barreiras (reais/imaginárias) e zonas de transição que moldam a organização territorial e as identidades locais.  Analisando como as fronteiras enfrentam os desafios impostos pela globalização e como a geminação de cidades pode facilitar a cooperação internacional e os intercâmbios culturais. Utilizando uma metodologia qualitativa, esta análise se baseia numa revisão bibliográfica de artigos, teses e dissertações recentes, complementada por fontes históricas clássicas e contemporâneas sobre o tema de fronteiras e cidades gêmeas. Os resultados demonstram que, apesar dos desafios impostos pela globalização e as políticas de fortalecimento de fronteiras, cidades como Jaguarão e Rio Branco exemplificam como as fronteiras podem ser permeáveis e dinâmicas, facilitando a cooperação e o intercâmbio cultural. Conclui-se que as fronteiras são zonas de transição que oferecem oportunidades para o desenvolvimento de políticas urbanas e estratégias econômicas mais integradas, promovendo uma globalização mais inclusiva e solidária. Este estudo destaca a importância de repensar as fronteiras não como barreiras, mas como pontes para a cooperação e coexistência cultural.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
MACHADO, J. P. .; MARCELINO, B. C. A. .; SEGÓVIA , R. da C. . DINÂMICAS DE FRONTEIRA: CONSTRUÇÃO E PERCEPÇÃO NAS ZONAS LIMÍTROFES DE RIO BRANCO/UY E JAGUARÃO/BR. Boletim de Conjuntura (BOCA), Boa Vista, v. 18, n. 52, p. 631–660, 2024. DOI: 10.5281/zenodo.11207001. Disponível em: https://revista.ioles.com.br/boca/index.php/revista/article/view/4178. Acesso em: 17 jun. 2024.
Seção
Ensaios

Referências

ALEJO, J. A. Rio Branco: un enfoque historico y su realidad actual de cara al año 2000. Río Branco: Junta Autonoma Electiva de Rio Branco, 1992.

ALFONSO, H. D.; CANALES, S. H. “Una aproximación crítica al itinerario conceptual de las ciudades fronterizas en América Latina. Si somos americanos”. Revista de Estudios Transfronterizos, vol. 23, 2023.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Editora Edições 70, 2016.

BRITES, W. F. “Twin cities? Posadas, Argentina and Encarnación, Paraguay from a socio-urban perspective”. Estudios Fronterizos, vol. 19, 2018.

BRITO, A. P. G. et al. “A Importância da Pesquisa Bibliográfica no Desenvolvimento de Pesquisas Qualitativas na Área de Educação”. Cadernos da Fucamp, vol. 20, n. 44, 2021.

CÂMARA, Á. R. T. A un paso de la frontera: dinâmicas fronteiriças e migratórias em localidades situadas junto à fronteira Brasil-Uruguai e Brasil-Venezuela (Tese de Doutorado em Ciências Sociais). Brasília: UnB, 2020.

CAMPIGOTTO, J. A. “Fronteira e História Cultural”. In: SCHALLENBERGER, E. (org.). Cultura e memória social: territórios em construção. Cascavel: Editora Coluna do Saber, 2006.

CANTÓN, V. et al. “La Investigación Geográfica aplicada a un Proyecto de Desarrollo”. Revista Geográfica, n. 111, 1990.

CASTROGIOVANNI, A. C. et al. “Fronteiras e turismo: tensionando conceitos”. Anais do IV SEMINTUR–Seminário de Pesquisa em Turismo do MERCOSUL. Caxias do Sul: UCS, 2006.

CLAVAL, P. “As dimensões funcionais e simbólicas da composição urbana no século XIX”. In: SILVA, J. B. É geografia, é Paul Claval. Goiânia: FUNAPE, 2013.

COSTA E SILVA, R. Notas à margem da história do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Editora Globo, 1968.

COSTA, L. C. N. Turismo e paisagem cultural: para pensar o transfronteiriço (Dissertação de Mestrado em Turismo). Caxias do Sul: UCS, 2011.

FARIA, J. Fronteira, cidades gêmeas e escolas de fronteira: educação como eixo de integração fronteiriça (Dissertação de Mestrado em Sociedade e Cultura na Amazônia). Manaus: UFAM, 2020.

FERRARI, M. “As noções de fronteira em geografia”. Revista Perspectiva Geográfica, Unioeste, vol. 9, n. 10, 2014.

FUÃO, F. F. “O que é uma borda?” Blog Fernando Fuão [2019]. Disponível em: . Acesso em: 15/03/2024.

GOUSSOT, M. “Les frontières de l’Amérique du Nord: Enjeux et perspectives”. Population & Avenir, n. 4, 2020.

GRAVINA, L. T, “Rio Branco”. In: ALJANATI, D.; BENEDETTO, M.; PERDOMO, W. Cerro Largo los departamentos. Montevideo: Editora Nuestra Terra, 1970.

HANCIAU, N. J. “Entre-Lugar”. In: FIGUEIREDO, E. (org.). Conceitos de literatura e cultura. Juiz de Fora: Editora da UFJF, 2005.

HISSA, C. E. A mobilidade das fronteiras: inserções da geografia na crise da modernidade. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2002.

HOBSBAWN, E. Nações e nacionalismo desde 1780: programa, mito e realidade. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 1994.

JAYNE, M. et al. “Twin cities: territorial and relational geographies of ‘worldly’Manchester”. Urban Studies, vol. 50, n. 2, 2013.

KNODELL, A. R. Societies in Transition in Early Greece: An Archaeological History. California: University of California Press, 2021.

LANGER, C.; GÖTZ, C. M. F. “Boundaries, Borders and Frontiers: Contemporary and Past Perspectives”. eTopoi. Journal for Ancient Studies, vol. 7, 2020.

MACHADO, L. O. “Limites, Fronteiras, Redes”. In: STROHAECKER, T. M. et al. (org.). Fronteiras e Espaço Global. Porto Alegre: AGB, 1998.

MARTIN, A. R. Fronteiras e Nações. São Paulo: Editora Contexto, 1997.

MATOSO, F. P. et al. O Direito à cidade na fronteira Brasil-Paraguai: a democracia participativa nas cidades gêmeas de Ponta Porã (BR) E Pedro Juan Caballero (PY) (Dissertação de Mestrado em Fronteiras e Direitos Humanos). Grande Dourado: UFGD, 2020.

MATTOS, C. Geopolítica e teoria de fronteiras: fronteiras do Brasil. Rio de Janeiro: Editora Bibliex, 1990.

MAZZEI, E. Fronteras que nos unen y límites que nos separan. Udelar, Melo, 2013.

MEDINA, L. “Pouvoir, préservation, prédation. Les frontières d’Amérique latine témoins d’un continent sous tensions”. L'Espace Politique, n. 42, 2020.

MELO, V. D. “Reformas Liberais e Descentralização no Brasil (1990-2002): a atuação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)”. Anos 90, vol. 19, n. 36, 2012.

MIKHAILOVA, E.; GARRARD, J. Twin cities across five continents: interactions and tensions on urban Borders. London: Routledge, 2021.

MIRANDA, W. Arquitetura e Urbanismo na Fronteira Brasil/Uruguai: o espaço comercial construído em Jaguarão/Rio Branco (1800-1940) (Tese de Doutorado em Integração Regional). Pelotas: UFPel, 2002.

MOURA, E. Do Oiapoque ao... vislumbrar da dinâmica territorial urbana na fronteira franco-brasileira (Tese de Doutorado em Geografia). Fortaleza: UFC, 2021.

NAVARRO, R. F. “Comunicação e fronteiras: geografias e espaços simbólicos das práticas comunicativas na América Latina”. In: SILVA, M. P; OTA, D. C. Fronteiras culturais e práticas comunicativas. Campo Grande: UFMS, 2023.

PEREIRA, J. H. “Processos identitários da segunda geração de migrantes de diferentes etnias na fronteira Brasil-Paraguai”. In: MARIN, J. R.; VASCONCELOS, C. A (orgs.). História Região e identidades. Campo Grande: Editora da UFMS,2003.

PESAVENTO, S. J. História do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Editora Mercado Aberto, 1985.

RAFFESTIN, C. Por uma Geografia do Poder. São Paulo: Editora Ática, 1993.

RELPH, Z.C. “As bases fenomenológicas da geografia”. Geografia, vol. 7, n. 4, 1979.

RESENDE, L. M. Cartografia urbana na linha de fronteira: travessias nas cidades-gêmeas Brasil-Uruguay (Dissertação de Mestrado em Arquitetura e Urbanismo). Pelotas: UFPEL, 2019.

SANTOS, E. F. M. “O conceito de fronteira na historiografia estadunidense no final do século XIX e início do século XX”. Anais do VIII Congresso Internacional de História. Maringá: UEM, 2017.

SAQUET, M. A. “Por uma abordagem territorial”. In: SAQUET, M. A.; SPOSTIO, E. S. (orgs.). Território e territorialidades: teorias, processos e conflitos. Rio de Janeiro: Editora Consequências, 2015.

SILVA, M. M.; OLIVEIRA, G. S.; SILVA, G. O. “A pesquisa bibliográfica nos estudos científicos de natureza qualitativos”. Revista Científica, vol. 2, n. 1, 2021.

SOHN, C. “Book review: Twin cities across five continents”. Geographica Helvetica, vol. 78, 2023

SOLÉ, S. “Corps et villes à la frontière : Border Tuner de Rafael Lozano-Hemmer. Astasa - Arts×Sciences×Technologies”. Actualités Scientifiques de l’Art [2024]. Disponível em: . Acesso em: 23/01/2024.

TUAN, Y. F. Espaço e Lugar: a perspectiva da experiência. São Paulo: Editora Difel, 1983.