GOVERNANÇA E GESTÃO DE CONTRATOS: IMPLICAÇÕES PARA POLÍTICAS PÚBLICAS

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Alessandro Bandeira de Oliveira
Paulo Vitor Jordão da Gama Silva

Resumo

Este estudo tem como foco a área de governança com implicações em políticas públicas, investigando o aprimoramento da gestão contratual nas obras públicas da Marinha do Brasil, por meio das perspectivas dos atores na execução e fiscalização. Utilizando a metodologia de estudo de caso único baseada em quatro testes de Yin (2015), a pesquisa revela desafios significativos de governança e gestão nos processos contratuais da Marinha. O desempenho competente de gestão e supervisão é crucial para uma gestão eficaz de contratos, enfatizando a natureza complexa da supervisão de projetos navais. Os desafios enfrentados pelos inspetores e gestores que supervisionam as obras contratuais realçam a necessidade premente de melhoria em tais práticas. O estudo reconhece a formação em matéria de aquisições e contratos como fundamental, proporcionando apoio para além das funções designadas. Uma colaboração harmoniosa entre inspetores gerenciais, técnicos e administrativos é fundamental para a execução bem-sucedida dos projetos. Apesar das limitações nas entrevistas com funcionários de empresas contratadas, a pesquisa tem amplas implicações para as políticas públicas brasileiras, abordando desafios específicos de governança e gestão no âmbito operacional da Marinha. As descobertas ressaltam a importância do treinamento contínuo e oferecem insights valiosos para formuladores de políticas e profissionais que buscam aprimorar as práticas de compras públicas nas organizações militares, especialmente na Marinha do Brasil.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
OLIVEIRA, A. B. de; SILVA, P. V. J. da G. GOVERNANÇA E GESTÃO DE CONTRATOS: IMPLICAÇÕES PARA POLÍTICAS PÚBLICAS. Boletim de Conjuntura (BOCA), Boa Vista, v. 17, n. 49, p. 304–320, 2024. DOI: 10.5281/zenodo.10533562. Disponível em: https://revista.ioles.com.br/boca/index.php/revista/article/view/3114. Acesso em: 26 fev. 2024.
Seção
Artigos

Referências

ALMEIDA, C. W. L. “Fiscalização contratual na Lei 14.133/2021”. Revista do TCU, n. 150, 2022.

BARBOSA, M. F. N.; EMMENDOERFER, M. L. “Políticas Públicas: Renovações na Produção Científica Internacional”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 13, n. 38, 2023.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Editora Edições 70, 1977.

BAUER, M. W.; GASKELL, G. (eds.). Qualitative researching with text, image and sound: A practical handbook for social research. London: Sage, 2000.

BERGMAN, M. A. “Auditing and compliance in public procurement–an empirical assessment”. Journal of Public Procurement, vol. 23, 2023.

BHAGAT, G.; JHA, K. N. “Modeling the competition-restrictive actions in public works procurement”. Journal of Public Procurement, vol. 23, 2023.

BIZRI, J. E.; KARTTUNEN, E.; LINTUKANGAS, K. “Exploring the role of social capital in public procurement”. Journal of Public Procurement, vol. 23, n. 2, 2023.

BRASIL. Decree n. 10.609, january 26th, 2021. Brasília: Planalto, 2021. Available at: . Access at: 23/12/2023.

BRASIL. Decree n. 9.203, november 22nd, 2017. Brasília: Planalto, 2017. Available at: . Access at: 23/12/2023.

BRASIL. Decree n. 9.739, march 28th, 2019. Brasília: Planalto, 2019. Available at: . Access at: 23/12/2023.

BRASIL. Law n. 14.133, april 1st, 2021. Brasília: Planalto, 2021. Available at: . Access at: 23/12/2023.

BRASIL. Law n. 8.666, june 21st, 1993. Brasília: Planalto, 1993. Available at: . Access at: 23/12/2023.

BRASIL. Normative Instruction n. 05, May 26th, 2017. Brasília: Planalto, 2017. Available at: . Access at: 23/12/2023.

BRESSER-PEREIRA, L. C. “O modelo estrutural de governança pública”. Revista Eletrônica sobre a Reforma do Estado, n. 10, 2007.

BRITO, I. “Governança em Contratações Públicas: A Transformação passa Pelos Meios”. Rede Governança Brasil [2021]. Available at: . Access at: 23/12/2023.

COSTA, A. F. “Aspectos gerais sobre o fiscal de contratos públicos”. Revista do TCU, n. 127, 2013.

DI PIETRO, M. S. Z. Licitações e Contratos Administrativos. Rio de Janeiro: Editora Forense, 2021.

EVANGELISTA, A. K. G.; GOMES, R. L. R. “Gestão de Compras Pós-Pandemia em uma Distribuidora de Medicamentos”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 14, n. 40, 2023.

FREITAS, M. F. C.; PEREIRA, P. C.; FREITAS, R. M. “The Contractor's Responsibility and the Perspective of the Outsourced Service Providers of the Federal Institute Minas Gerais-campus Ouro Preto: influences that can affect the quality of the service provided”. International Journal of Advanced Engineering Research and Science, vol. 8, 2021.

GIL, A. C. et al., Como Elaborar Projetos de Pesquisa. São Paulo: Editora Atlas, 2002.

HOOD, C. “The “new public management” in the 1980s: Variations on a theme”. Accounting, Organizations and Society, vol. 20, n. 2, 1995.

ITO, C.; SOUSA SANTOS, F. E-Procurement e Contratos inteligentes: desafios da modernização tecnológica da contratação pública no Brasil”. International Journal of Digital Law, vol. 1, n. 2, 2020.

JUSTEN FILHO, M. Comentários à lei de licitações e contratações administrativas: Lei 14.133/2021. São Paulo: Editora Thomson Reuters Brasil, 2021.

KETTL, D. F. The transformation of governance: Public administration for the twenty-first century. Cham: Jhu Press, 2015.

KRIPPENDORFF, K. Content analysis: An introduction to its methodology. London: Sage, 2018.

KUCHINA-MUSINA, D.; MORRIS, J. C.; STEINFELD, J. “Drivers and differentiators: a grounded theory study of procurement in public and private organizations”. Journal of Public Procurement, vol. 20, n. 3, 2020.

MCCRACKEN, G. “The four-step method of inquiry”. In: MCCRACKEN, G. The Long Interview. London: Sage, 1988.

MOTTA, P. R. M. “O estado da arte da gestão pública”. Revista de Administração de Empresas, vol. 53, 2013.

NANI, Y. N. et al. “NPA, the New Paradigm of Public Service Overview of Public Policy Implementation”. 2nd International Conference on Democracy and Social Transformation. Atlantis: Atlantis Press, 2024.

NEVES, T. R. L.; GASPARETTO, V. “Controle e monitoramento de contratos terceirizados no setor público: a perspectiva de gestores e fiscais de contratos de um órgão público federal”. Revista Brasileira de Administração Científica, vol. 11, n. 1, 2020.

NOGUEIRA, C. C. B. C. et al. Manual de Fiscalização e Gestão de Contratos. Brasília: Ministperio da Economia, 2020.

NUNES, C.; GOMES, P.; SANTANA, J. “Transparência, accountability e governance: revisão sistemática da literatura nos hospitais públicos”. Revista de Administração Pública, vol. 57, 2023.

OLIVEIRA LIMA, R. O.; BESERRA, T. K. P.; FORMIGA, N. S. “Contratos públicos e o seu gerenciamento por parte do chefe do executivo municipal”. Research, Society and Development, vol. 10, n. 10, 2021.

OLIVEIRA, V. G.; ABIB, G. “Risco na administração pública: uma revisão sistemática focada em uma agenda de pesquisas futuras”. Revista de Administração Pública, vol. 57, 2024.

OSBORNE, S. P. Introduction The (New) Public Governance: a suitable case for treatment? In: The new public governance? New York: Routledge, 2010.

PATRAS, M. V.; BANACU, C. S. “Critical phases in the process of awarding public procurement contracts: a Romania case study”. Journal of Engineering, Project, and Production Management, vol. 6, n. 2, 2016.

RAMOS, L. S. F. Manual de Gestão e Fiscalização de Contratos Para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul-Uma Proposta de Manual e Etapas Para Elaboração (Tese de Doutorado em Administração). Porto: Instituto Plitécnico do Porto, 2020.

REJEB, A. et al. The landscape of public procurement research: a bibliometric analysis and topic modelling based on Scopus. Journal of Public Procurement, vol. 23, 2023.

SOUZA, M. E.; BLANCHET, L. A.; RIOS, R. S. “O acesso à informação e o controle social nas empresas estatais: entre a transparência e o segredo”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 16, n. 46, 2023.

THIRY-CHERQUES, H. R. et al. “Saturação em pesquisa qualitativa: estimativa empírica de dimensionamento”. Revista PMKT, vol. 3, n. 2, 2009.

URYN, A. Alterações qualitativas em contratos de obra pública e a teoria econômica dos contratos incompletos: é possível construir um avião em pleno voo? (Dissertação de Mestrado em Direito de Regulação). Rio de Janeiro: FGV, 2016.

VASCONCELOS NETA, C. F. et al. “The perception of public managers of public contracts and biddings about distance education as a training modality”. Brazilian Journal of Development, vol. 7, n. 6, 2021.

VIEIRA, A. L. “Gestão de contratos administrativos”. Revista de Contratos Públicos, vol. 3, 2014.

YIN, R. K. Estudo de Caso: Planejamento e métodos. São Paulo: Editora Bookman, 2015.